Entretenimento

The O.C – Minha Série Nostalgia

THE O.C., (backrow, l to r): Tate Donovan, Rachel Bilson, Melinda Clarke, Peter Gallagher, Kelly Rowan, Chris Carmack, (bottom row, l to r): Mischa Barton, Benjamin McKenzie, Adam Brody, 2003-2007. © WB / Courtesy: Everett Collection

Assisti The O.C quando era adolescente e os episódios eram apresentados na Warner no turno contrário que eu estudava.

No ano passado compramos o Box com todos as temporadas e alguns dias depois o Netflix liberou tudo (tudo bem, já superamos…).

Sinopse

Ryan Atwood é um adolescente problemático que sempre se mete em roubadas (por causa do irmão), que, ao chegar em Orange County com Sandy Cohen, um advogado público idealista que evita que Ryan vá para a prisão, convida-o para viver em sua mansão (devido ao fato de Sandy se identificar com Ryan na sua adolescência).

Kirsten Cohen, a esposa perfeita de Sandy Cohen, não fica feliz com a mudança de Ryan para a sua casa. Sua maior preocupação é que o comportamento de Ryan afete seu único filho, o adolescente Seth Cohen, um sonhador ingênuo e apaixonado pela colega de escola, Summer Roberts, uma popular patricinha que no começo da temporada se interessa por Ryan, mas depois se apaixona pelo sarcástico Seth.

Enquanto isso, Marissa Cooper, a garota da casa ao lado dos Cohen e melhor amiga de Summer Roberts, namora o atleta de pólo aquático da escola Luke Ward (um garoto que a trai o tempo todo) e vive num mundo de fantasia e luxo. Até que seu pai, Jimmy Cooper, se envolve em um escândalo financeiro e perde todo o dinheiro da família. O mundo idealizado por Marissa cai em ruínas e sua mãe, Julie Cooper, uma mulher interesseira que só pensa em dinheiro, se encarrega de separar a família, que até então parecia “perfeita”.

by Wikipedia

Opinião

Pra mim, The O.C é a melhor série de drama já produzida. As histórias começam muito separadas e depois tudo vai se juntando. Claro que, ela é considerada até um pouco adolescente, e talvez o fato de ela me trazer lembranças de quando eu assistia, há pelo menos 10 anos atrás, pode ajudar a me fazer gostar tanto.

Mas de qualquer forma, assisti ela inteira de novo recentemente, e foi paixão novamente.

 

Entrando um pouco mais na história, quando eu vi a primeira vez eu fiquei muito decepcionada no final da terceira temporada. Até parei de assistir, mas que bom que eu voltei depois. A quarta temporada foi a melhor de todas, sem aquela Marissa problemática da terceira temporada.

É muito legal ver a evolução dos personagens. Entre as minhas cenas favoritas estão:

 

 

 

 

 

Ficou com vontade de assistir de novo?

Eu fiquei…

 

Para quem não viu, indico. As 4 temporadas estão no Netflix (por enquanto).

Sobre a autora

Pri Kuwer

Pri Kuwer

Gaúcha, estudante de ADS, eclética, fashionista intitulada, sonhadora e feliz!

Novo Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Quem somos

Taline e Priscila, amigas gaúchas que através do Mélanges querem dividir suas opiniões sobre moda, filmes, séries, gastronomia e mais um pouco de tudo que gostam e conhecem a respeito.

Publicidade