Foto: http://www.colherdesopa.com.br

“Os turistas estão no nível mais baixo da cadeia alimentar”, dizem os criadores do site How Not to Be a Tourist (hntbat.com), criado para evitar que os viajantes incautos caiam em armadilhas durante suas férias. Quem já foi enganado por um taxista ou pagou o dobro do preço por um produto durante uma viagem sabe o quanto é chato ser detectado como estrangeiro.

Com a ajuda de uma rede de colaboradores residentes em tradicionais destinos turísticos — como Nova York, Paris, Londres ou Melbourne —, um time de 4 jornalistas e ilustradores de Singapura e da China dá dicas bem-humoradas para quem quer se comportar e se vestir como um local. “Nossa geração tem motivações diferentes para viajar. Queremos realmente vivenciar um país, uma cidade e uma comunidade, vendo as coisas mais como os nativos e menos como um turista”, diz Hanyi Lee, uma das fundadoras do site. E, para ela, isso depende de fazer as perguntas certas e garimpar a fundo informações com os moradores. A seguir, algumas dicas do site para você passar (quase) despercebido por alguns destinos.

Lembrando, isso é para o caso de você ficar vários dias por lá. Para quem for poucos dias, é liberado! A não ser que você não queira mesmo parecer turista!

Para os que vão morar por lá, esse guia faz todo sentido!

 

Veja as dicas:

Fonte: Galileu

prikuwer