Lembrete: é só uma pesquisa. Não podemos generalizar, ok? hehe

É o que diz a pesquisa do psicólogo Adrian Banks, da Universidade de Surrey, na Inglaterra. Ele pediu a 201 pessoas, entre homens e mulheres de 21 a 68 anos, que completassem um questionário sobre paquera no trabalho, satisfação profissionaldesempenho no cargo atual e personalidade.

E aí ele descobriu que os homens insatisfeitos profissionalmente eram os mais galanteadores durante o expediente.

Outro questionário mostrou ainda que estes mesmos homens apresentam baixo nível de inteligência emocional. Ou seja, raramente conseguem entender os sentimentos de outras pessoas ou mesmo controlar os próprios sentimentos. E, por não conseguirem medir os excessos, não percebem quando a paquera começa a passar dos limites.

E esse “amor” todo, acredita o pesquisador, pode ser apenas tédio por conta da insatisfação com o trabalho. Vai que eles descolam um romance ou pelo menos uma paquera de leve para tornar o dia a dia no escritório mais feliz.

(Nota mental: nunca cair no papo dos colegas de trabalho insatisfeitos)

(Nota mental 2:  sempre ir atrás da fama de galanteador do rapaz )

(Nota mental 3: confiar desconfiando)

(Nota mental 4: ser mais esperta que ele, estar sempre ligada) 

 

 

Crédito da foto: flickr.com/zsoolt

Fonte: Super Interessante

prikuwer