De tudo um pouco

Fanfiction: o que é?


Por um momento me senti um abominável ser, alienado do mundo, por não saber o que as ditas “Fanfictions” eram, durante a aula de “Ciberespaço e Cibercultura na Criação Digital II” .

E qual a primeira coisa que eu fiz?
Google.
Confesso que pelos primeiros títulos e imagens, uma onda de pré-conceitos invadiu minha mente (e a wikipedia só piorou isso).
Não que eu tenha algo contra animes…
Bom, na verdade eu tenho, mas não vou discutir isso aqui (pelo menos não agora).
Voltando ao assunto, seguem as definições:
 fanfiction-fanfiction-everywhere-1
Wikipédia:
” Tem como finalidade a construção de um universo paralelo ao original e também a ampliação do contato dos fãs com as obras que apreciam para limites mais extensos. “
Site “O dom da escrita”:
” Fala sério, sempre temos vontade de mudar alguma coisa naquele livro que adoramos, mas que no final o mocinho e a mocinha não ficam juntos. Ou colocar mais detalhes com o que aconteceram com os personagens do livro. Ou ainda matar aquele vilão chatinho que sempre acaba com tudo! E a gente pode (essa é mais uma das magias da escrita) e textos assim, criados por nós, são chamados de fanfics.”
Deciclopédia:
“Fanfic, ou fikiçção de fã é um tipo de escrita muito popular entre otakus em geral, e que consiste em escrever historinhas, de preferência muito nonsense e nada a ver, onde os personagens se apaixonam do nada, sobre o jogo/filme/desenho/anime/HQ/mangá/série/programa de TV/livro/marca de cigarro/novela/artigo da desciclopédia favorito do escritor.”
Minha conclusão:
Fanáticos exercendo sua criatividade escrevendo uma história com base no universo do filme/série/ que amam… (que para eles é incrível e seria “perfeito” se fosse real).
Descobri que existe um mundo ao redor disso. Tem fanfiction até do “Meu Malvado Favorito”!!!
Indicaram para nós os sites:

Afinal, o que tem isso com a minha aula?
A questão é que o professor propôs que todos assistissem um filme – escolhido por ele – a cada 15 dias, e fizesse uma “fanfiction” de 3 páginas.
Os filmes tem a ver com inteligência artificial, e eu assisti somente um deles.
O desafio me preocupa por alguns motivos:
  1. Preciso aprender a criar este tipo de texto. Pesquisei algumas coisas e acredito que isso não será o “principal” problema.
  2. Não vi os filmes, então primeiro de tudo tenho que assistir. Claro que isso também não será um problema, mas para criar algo tenho que ver o filme “com outros olhos”.
  3. Como provavelmente não serei uma “fã” do filme, acho que terei dificuldade no processo criativo da história. Mas talvez isso seja só na primeira.
  4. Terei que escrever a história em 15 dias. Considerando o trabalho, horas extras, as outras disciplinas e a vida pessoal, vou ter um pouco de dificuldade. Sei que eu sou um tanto quanto perfeccionista então provavelmente vou escrever, ler e reler… enfim.
  5. Outras possíveis que vou descobrir no decorrer.
Mas o que tem o Mélanges a ver com isso?
O professor pediu para que criássemos um blog ou algo do gênero, para postar as Fanfictions. Desta forma, poderemos compartilhar com os nossos colegas.
Pensei em criar um blog, mas já que as postagens no Mélanges (so sorry) estão pouco frequentes, resolvi aproveitar.
Então, a cada 15 dias vou postar além do texto, como foi criá-lo.
Espero que gostem e comentem.
Sei que tem pouco a ver com os conteúdos aqui, mas já que Mélanges significa mistura… here we go!
Primeiro filme da lista: “Ex-Maquina

Sobre a autora

Pri Kuwer

Pri Kuwer

Gaúcha, estudante de ADS, eclética, fashionista intitulada, sonhadora e feliz!

Novo Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Quem somos

Taline e Priscila, amigas gaúchas que através do Mélanges querem dividir suas opiniões sobre moda, filmes, séries, gastronomia e mais um pouco de tudo que gostam e conhecem a respeito.

Publicidade