Antigas

>Bazar Com as amigas: Uma Solução Econômica e Ambiental by Fran

>

 Olá gente! Estou estreando a nova sessão do blog: Consultoria ambiental. A Pri me encaminhou um e-mail solicitando novas consultoras para o blog e me candidatei para alguns assuntos que tinha interesse, porém, ousei e citei que além dos assuntos relacionados me interessava escrever sobre conservação ambiental. Ela se interessou, pois, todos nós sabemos da grande importância deste tema, e aqui estou escrevendo a partir de hoje nesta sessão que será publicada mensalmente no dia 30. Mas vocês devem estar pensando… Lá vem ela como aquelas dica de eco chatos (termo utilizado para designar aqueles ambientalistas fervorosos)… Tenho a certeza que muitas de vezes vão mudar o seu conceito, pois, irei dar dicas de como você pode contribuir para isso ai na sua casa, trabalho, escola, viagens, enfim, penas ações diárias que podem fazer A diferença.
Minha formação é em Engenheira de Bioprocessos e Biotecnologia e este mês conclui o meu mestrado em Engenharia Ambiental. Sempre gostei da área ambiental, desde pequena adorava e continuo adorando os animais, plantar minhas flores e fazer a minha composteira para ter adubo para fertilizá-las. Neste ano, pretendo fazer a minha horta suspensa em garrafas pet ou então hidropônica. São planos e assim como todo mundo, eu tenho os meus.
Fico aguardando as suas sugestões de assuntos, elogios, críticas, etc., para serem discutidos nesta sessão nos comentários. Prometo ler todos e tentar acolher a todas as solicitações.
Espero que vocês gostem desta sessão!
Então nada melhor do que começar com uma dica super bacana: Bazar com as amigas
Você deve estar pensando: Como assim? O que isso tem a ver com a conservação do meio ambiente? Simples assim:


Quando você combina este tipo de reunião, além de ocasionar um bem estar, pois, nada melhor do que estar entre as pessoas que amamos, aquela economia, você estará contribuindo com a redução da degradação do nosso planeta.  Sim, os processos de fabricação daquela sua blusa super fashion ou daquele sapato super tendência ou aquela bolsa “baphônica” são responsáveis pela geração de alguns impactos ambientais. E você comprando ou vendendo estas peças estará contribuindo para a preservação ambiental.


Como organizar isso?
  • ·         Escolha um local. Podem ser desde casa de chás, bares, salão de festa até seu quarto.  Mas, lembre-se: tem que ter espaço para expor as peças e para as suas amigas se locomoverem pelo ambiente.

  • ·         Liste as suas amigas e consulte-as sobre o interesse de participar de um bazar.


  • Organizando: providencie objetos como araras e cabides para expor as roupas, um biombo, para formar uma espécie de cabine, onde as pessoas vão experimentar os produtos e um espelho de corpo inteiro, se possível.  




  • Envie convites criativos, colocando as regrinhas do estado de conservação das roupas e acessórios. Peça para que cada uma leve a sua ecobag (em breve um post ensinando a fazer uma), afinal, é um evento de caráter ambiental. 

  • Compras para o evento: Etiquetas para colocar os preços nas peças, uma variedade de comidinhas, afinal, todo mundo adora um aperitivo e se possível, umas bebidinhas (chás, café, suco, enfim, algo para degustar). Mas esse coffee break pode ser opcional. 


  • Das peças que serão vendidas ou trocadas: observar se as roupas, acessórios ou sapatos estão em boas condições para a venda. Peças furadas, desgastadas e mais velhinhas não entram no bazar. Tudo deve estar limpo, passado e bem cheiroso. Se estiver faltando botões em uma camisa, por exemplo, é preciso consertar ou comunicar o cliente da falta do botão. As roupas podem estar mais baratas, mas isso não significa que elas podem estar com qualquer estado. Além disso, as peças devem estar na moda e de acordo com a estação, afinal, vender roupas da estação oposta não atrai as pessoas.


  • Separando as suas peças para vender ou trocar no bazar: Sente-se na frente do seu armário, sei que é complicado, mas comece a observar quais são as suas peças preferidas e quais são raramente utilizadas. Tudo o que você não usou pelo menos no último mês (roupas da estação) é uma forte candidata a participar do bazar.

  • E não se esqueça de registrar o momento.


  • Dicas para o seu bazar ser um sucesso (by Raquel Medeiros):

·          –    Fazer o bazar no início do mês, porque é quando as pessoas recebem o salário;
·        –   Conferir a previsão do tempo, se chover ou fazer muito calor, as pessoas podem não ir ao evento;
·         –  Se o bazar for num café ou num bar, cuidar para que o cheiro dos alimentos não fique nas roupas;
·         –  Escolher um local acessível, central;
·         –  Oferecer bons descontos;
·         – Se você tiver ou conseguir fazer uma parceria para utilizar a máquina de cartão; de crédito de algum comerciante, suas vendas podem aumentar;
·          – Fazer uma boa divulgação nas redes sociais e por e-mail;
·         – Ter uma boa variedade de produtos (roupas e acessórios);
·         – Estabelecer um padrão de preços para não criar uma concorrência desleal;
·         – Você pode acrescentar no bazar itens como livros, CD e entre outros.

Espero que tenham gostado da dica de hoje!

Beijos





Sobre a autora

Pri Kuwer

Pri Kuwer

Gaúcha, estudante de ADS, eclética, fashionista intitulada, sonhadora e feliz!

9 Comentários

Clique aqui para postar um comentário

Quem somos

Taline e Priscila, amigas gaúchas que através do Mélanges querem dividir suas opiniões sobre moda, filmes, séries, gastronomia e mais um pouco de tudo que gostam e conhecem a respeito.

Destaques

Publicidade